sexta-feira, 4 de março de 2016

Receita de Molho de Tomate caseiro... o mais gostoso! The best Tomato Sauce!


 
Há um tempo venho arrumando formas de consumir o tomate, já que acho seu sabor bem ruinzinho...

Quando fiz aquele tomate assado, achei que o sabor ficou tão bom que poderia ser utilizado para fazer o molho, molho de verdade, de tomate... não molho pronto cheio de amido, conservantes e aromatizantes.

Aí quando fiz esse molho, tive a certeza de que tinha sido o melhor molho que já havia comido... peço desculpas a todos os restaurante onde comi na Itália, mas esse era muito mais gostoso!

Na ocasião, só tinha misturado os tomates com abóbora...

No programa Bela Cozinha, da Bela Gil, ela fez uma receita de molho de tomate sem tomate...o molho era de cenoura com beterraba. Segundo a Bela, as cores roxa e cenoura davam o tom vermelho tão lindo de sua receita. Guardei essa informação...
Voltando para a minha receita! Posso dizer que é minha porque nunca vi um molho de tomate sendo feito dessa forma! Sinceramente, não curto aquele molho caseiro tradicional...

Há um tempo vinha falando com minha mãe para fazermos esse meu molho de tomate, mas ela se convenceu ao ver um vídeo sobre contaminação de molho de tomate pronto...

Fizemos tudo no olho mesmo, até porque, como eu disse, nunca vi receita nenhuma assim, fomos fazendo de acordo com nosso gosto, então, vou passar aqui mais ou menos como fizemos e aí você faz de acordo com que você gosta!

Ingredientes
1,5 kg de tomate (+/- 8 unidades)
2 cenouras médias
pedaço de abóbora paulista(não tenho medida, acho que um palmo fechado)kkk
1 beterraba
1 cabeça de alho
orégano
sal
azeite

Modo de Fazer
Cozinhe a cenoura e a abóbora e reserve, não escorra!
Coloque os tomates picados (com semente e tudo) e o alho descascado (não precisa amassar) numa assadeira, de vidro ou cerâmica, regue com azeite, sal e orégano. Leve ao forno, médio. Deve ter ficado cerca de 1h no forno, porque ele tem que ficar com um sabor bem forte, e acho que só assim fica...
Mas é aquilo, deixa lá e olha de vez em quando...sente o cheiro e vê se já tá bom!
Desculpem pela péssima luminosidade da foto...

No liquidificador, bata até ficar assim, uma pasta...
Tá vendo como ficou alaranjado?
Então, relembrei o molho da Bela Gil e acrescentei a beterraba, crua mesmo, picadinha!
E olha como ficou: 
Parece até artificial, né?!

Nessa foto deu pra ver que ficou até meio grossinho, tipo a polpa de tomate...
Assim fica muuuuito mais fácil comer tomate, abóbora, alho, cenoura e beterraba!
Genteeee, é bom demais!

Num programa desses de "resgate de restaurantes ferrados", o apresentador  reclamava com o chef da cozinha por usar molho pronto, o ensinou a fazer molho no próprio restaurante e que, se era para congelar, a dica era acrescentar, na hora de usar, folhas de manjericão, que aí daria um sabor mais fresco.

Minha ideia inicial, era congelar o molho na forminha de gelo e, depois, enrolá-los em papel manteiga. Só que, com certeza, daria gosto na forma. Assim, achamos melhor armazenar nos saquinhos de sacolé, apesar de não ser a opção mais ecológica, mas é o que temos pra hoje!

Não esqueça de virar a pontinha do saquinho, senão, faz uma sujeiradaaa na hora de dar o nozinho!
Usei, aproximadamente, 3 colheres de sopa para encher cada saquinho.
Rendeu 17 saquinhos, com mais ou menos 100 gramas...

Se quiser engrossar, ao invés de usar amido de milho, acho que vale a pena usar farinhas como a de linhaça, de aveia, gérmen de trigo...
 
Minha tentativa agora é fazer a biomassa de banana verde, e usá-los juntos para fazer um estrogonofe... será que dá certo?!
 
Que ficou bonito, ficou...

Ahh e não se esqueça de reservar a casca da abóbora pra consumi-la também...se você não sabe como, dá uma olhada nessa ideia!

bj pro tomate!
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...