segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Os venenos da nossa comida!

Esses dia estava passeando pela internet e me deparei com a chamada de uma reportagem: 

"9 piores ingredientes para a saúde que você consome sem saber"

Cara, confesso que deu medinho na hora de ler e ver se consumo aquilo tudo mesmo...

Muita coisa a gente sabe que faz mal mas continua comendo, né?! 

É que eu goooostcho!

Vamos ver se agora, quem sabe, algumas pessoas se animam a segurar a onda também...

Segue cópia da matéria com os créditos no final:

A nutricionista Sibele Carteiro lista quais são esses ingredientes e por que devem ser evitados. Veja abaixo:


Benzoato de sódio: encontrado em molhos, gelatinas, embutidos e refrigerantes, o benzoato de sódio é um conservante com propriedades antifúngicas e antibacterianas. “Se associado à vitamina C, ele forma o benzeno, um agente cancerígeno”, explica. Ainda de acordo com a especialista, o ingrediente está associado à hiperatividade em crianças.

BHT e BHA: antioxidantes usados para prevenir a oxidação das gorduras dos alimentos e inibir a formação de fungos, o BHA e BHT (Butil-hidroxianisol butilado e hidroxitolueno) são encontrados em cervejas, batata frita, manteiga e outros alimentos industrializados. De acordo com Sibele, eles aumentam o risco de câncer e enfraquecem o sistema imunológico.

Glutamato monossódico: aditivo alimentar usado para realçar o sabor, o glutamato monossódico é ingrediente de congelados em geral, enlatados, biscoitos e temperos prontos. “É uma substância que pode causar dor de cabeça, distúrbios gastrointestinais e obesidade. Além disso, é conhecido por enganar a sensação de saciedade”, afirma a nutricionista.

Bromato de potássio: segundo Sibele, o bromato de potássio é um aditivo alimentar usado no processo de panificação e é encontrado em pães brancos e outras massas industrializadas. Proibido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), esse ingrediente pode favorecer o surgimento de tumores renais, distúrbios urinários e infecções.

Acrilamida: a Anvisa alerta que a acrilamida pode ser encontrada em alimentos submetidos a altas temperaturas, como frituras. Segundo a especialista, ainda não há estudos para comprovar o efeito cancerígeno da substância em humanos, apesar de ser um produto químico cancerígeno para animais.


Nitrito de sódio ou nitrato: a nutricionista explica que o nitrito ou nitrato de sódio são aditivos encontrados em carnes processadas como, mortadela, salame, salsicha e bacon, e responsáveis por preservarem a cor e o sabor desses alimentos. “Quando em contato com o estômago essas substâncias viram nitrosaminas, que favorece o surgimento de tumores”, completa.

Óleo vegetal bromado: o óleo vegetal bromado ou BVO é um aditivo estabilizador usado pela indústria alimentícia no preparo de bebidas esportivas e refrigerantes. “Ele ajuda a evitar que os outros ingredientes se separem durante o processo de fabricação. Seu consumo pode causar problemas na tireoide, alterações nervosas e distúrbios na memória”, diz Sibele.


Xarope de milho: conhecido como xarope de milho ou HFCS, esse ingrediente pode ser encontrado em diversos produtos industrializados, como geleia de fritas, barra de cereais, molhos prontos e coberturas de sorvetes. De acordo com a nutricionista, esse ingrediente favorece a diabetes e prejudica a taxa metabólica.


Corantes e aromatizantes: as substâncias que ajudam a dar ou ressaltar a cor de um alimento também estão na lista de ingredientes prejudiciais. Segundo Sibele, os corantes e aromatizantes podem provocar reações alérgicas. “Na gravidez, eles podem causar até ações tóxicas sobre o feto”, completa.


 Fonte : Gazeta on line

 Por isso, parei se usar o corante que usava em meus cupcakes!

 Garanto que dá pra ser feliz controlando a entrada desses alimentos em nossa casa...

  bj pro Seu Madruga!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...